Micoses são infecções que afetam pele, unhas e cabelos. Provocadas por fungos, costumam ser bem frequentes nos trópicos, onde há condições ideais de temperatura e ambiente para o desenvolvimento. As micoses também podem acometer pessoas com sistema imunológico deficiente, de forma oportunista.
Os exemplos mais comuns são a pitiríase versicolor, tineas, candidíase e onicomicoses.

Saiba mais:

Pitiríase Versicolor: conhecida como “micose de praia” ou “pano branco”, podem se apresentar com manchas escuras, esbranquiçadas ou avermelhadas, fazendo jus ao nome versicolor. Causada por fungos do gênero Malassezia, costuma afetar toda a parte superior do corpo – braços, tronco, pescoço e rosto.
Tineas: parasitas de queratina da pele, pelos e unhas, esses fungos são encontrados tanto em animais (zoofílicos), quanto no solo (geofílicos) e nos homens (antropofílicos), provocando uma coceira intensa. Manifestam-se como manchas vermelhas e escamosas, com bordas bem delimitadas, pequenas bolhas e crostas.
Candidíase: infecção causada pelo fungo do gênero Candida albicans, que pode comprometer pele, mucosas e unhas. Manifesta-se de diversas formas, algumas conhecidas como “sapinho” (placas esbranquiçadas na mucosa oral); queilite angular (fissura nos cantos da boca); vaginite feminina ou balanite masculina (inflamação na região genital), etc.
Onicomicoses: Acomete as unhas dos pés e das mãos principalmente de adultos maiores de 55 anos, tanto as do pé quanto as das mãos. O sintoma mais característico são as unhas mais espessas, com mudanças na coloração e na forma.

Normalmente essas enfermidades são tratadas com antifúngicos tópicos locais, orais ou sistêmicos. Prevenir as micoses envolve, principalmente, cultivar hábitos higiênicos, como: individualizar o material de manicure; secar-se bem após o banho (especialmente nas dobras); evitar contato prolongado com água e sabão, andar descalço em ambientes úmidos e usar roupas molhadas por muito tempo; não compartilhar objetos pessoais; investir em roupas e calçados mais largos e ventilados para facilitar a transpiração da pele.

Fonte: SBDRJ