Vitiligo é uma doença frequente, auto-imune, não contagiosa, onde muitos fatores estão envolvidos (genéticos, hereditários, neurais) e de importante impacto social e psicológico. Acomete homens e mulheres e a maior parte dos casos ocorre até os 20 anos. É portanto comum em crianças e adolescentes.
Caracteriza-se por manchas brancas, localizadas ou difusas.
Doenças da tireóide ou diabetes podem estar associadas. O tratamento pode ser clínico, com fototerapia ou transplante de melanócitos. Utilizamos esta técnica para lesões estáveis de vitiligo, associada à fototerapia. Dra. Daniela Antelo dedica-se ao estudo e tratamento desta doença desde 2003.